A Sabedoria de Deus e o seu Poder

Em I Coríntios 6 diz que a pessoa se torna escravo daquilo que obedece. Ou seja, meu senhor é aquele que eu decido seguir e lhe dar credibilidade. O texto é aplicado ao pecado, sendo então que, aquele que obedece ao pecado se torna escravo dele. Aquele que obedece ao diabo se torna escravo das trevas. Aquele que obedece a Deus será escravo do Senhor. Por isso, Paulo afirma ser escravo de Cristo.

Pensando assim, existe uma guerra sobre qual sabedoria prevalecerá, pois, o tamanho do reino é medido pelo número de seguidores de sua doutrina. O diabo anseia em ser semelhante a Deus, então tenta perverter ao máximo o número de pessoas aos seus entendimentos. A Bíblia muitas vezes compara as trevas à ignorância, ou seja, o mundo foi conquistado pelo conhecimento do mal e por isso chegou a esse ponto. Mas a luz (conhecimento de Deus) veio ao mundo para acabar com as trevas (ignorância) e edificar o Reino de Deus através da vida de Cristo Jesus.

DSC_7686_edited

A vida e morte de Jesus é loucura para o homem, pois Deus despreza a sabedoria humana e por isso estabelece a sua própria sabedoria que é acima de todas, fazendo algo sem sentido para o conhecimento humano. Os poderosos dessa terra não entenderam e continuam sem entender o plano de Deus erguido em Cristo Jesus, se eles tivessem entendido não teriam o crucificado, mas por terem feito demonstram a ignorância a qual viviam e vivem.

Deus é mais sábio que as trevas e os mais eruditos homens da terra. A sua sabedoria é mais ampla do que podemos compreender e Ele sempre prevalecerá.

Após o fim do diluvio, os descendentes de Noé receberam a missão de se multiplicar na terra, mas eles, notando que falavam uma mesma língua decidiram se juntar e construir uma cidade e uma torre; sonharam em tocar o céu (ou seja, ao trono de Deus), escrever o seu nome e não serem espalhados pela terra. A torre de Babel era a tentativa humana de se prevalecer contra Deus e ter a sua própria sabedoria. Mas Deus notando a intensão  de seus corações, não ou deixou ter a mesma língua e assim eles entraram em discórdia.

Semelhantemente Satanás almejou ter um trono a altura do Senhor e ser semelhante ao altíssimo. Por isso foi lançado a terra para ser vergonha, pois sua altivez o levou a isso. A sabedoria de Deus rege: os exaltados serão humilhados.

A vinda de Jesus marca a sabedoria de Deus nessa terra. Ele não usa a sabedoria humana, nem a sabedoria das trevas. Ele vive segundo a vontade de Deus e exalta o conhecimento do alto aqui na terra.

Em seu tempo, Jerusalém era uma cidade referencia na Judeia e palco dos sacerdotes e mestres da lei. Todos iam para lá caso procurassem fama e conhecimento. Mas Jesus não procurava isso, ele queria servir ao povo, por isso foi em caminho oposto, ele foi para a Galileia.

Mas, ao se aproximar a festa judaica dos tabernáculos, os irmãos de Jesus lhe disseram: “Você deve sair daqui e ir para a Judéia, para que os seus discípulos possam ver as obras que você faz. Ninguém que deseja ser reconhecido publicamente age em segredo. Visto que você está fazendo estas coisas, mostre-se ao mundo”. (João 7:2-4)

A sabedoria de Deus era contraria a humana, a do homem busca fama e poder, a de Deus, é centrada em Cristo. Sigmund Freud disse que o homem faz tudo por sexo (prazer), o foco do homem é gerar prazer para si próprio. O pai da psicanalise diz o que a sua própria vontade humana desejava: prazer somente. Porque dele, por ele e para ele sã todas as coisas. O que temos que não veio das tuas mãos? A verdadeira sabedoria não nega a Deus, pois Ele é o criado de todas as coisas, e somente por Ele seremos plenos.

Naquela ocasião Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos. (Mateus 11:25)

É necessário trocar a sua própria sabedoria pela de Deus, similarmente a Paulo que afirmou ser perda tudo que ele tinha alcançado.

Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo. Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé. (Filipenses 3:7-9)

Hoje tentam igualar a sabedoria do homem a de Deus, levam para o púlpito em forma sincrética aquilo que o homem almeja: fama, reconhecimento e poder. Muitos pregadores querem acrescentar em suas mensagens argumentos do coach, nova era, palestras motivacionais, positivismo, entre outros. Mas para Paulo bastava pregar a Cristo e esse crucificado.

…nós, porém, pregamos a Cristo crucificado, o qual, de fato, é escândalo para os judeus e loucura para os gentios  (I Coríntios 1:23)

Pois decidi nada saber entre vocês, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado. (1 Coríntios 2:2)

Cristo é suficiente para todos. A sabedoria transmitida por Deus é única e suficiente para as nossas vidas. Não são necessários aditivos para ela.

Muitos desejam estar com o Cristo glorificado, mas rejeitam o Cristo crucificado. O papa Francisco disse que humanamente falando a crucificação de Cristo foi um fracasso. O termo é similar a escândalo. Ao olhar humano ele foi um derrotado. Por isso algumas religiões tem um repúdio dessa parte da história de Cristo, eles rejeitam esse fato, com isso é possível notar quão humana elas são. Toda religião que rejeita a cruz de Cristo é humana.

A sabedoria de Deus se mostrou como loucura para os homens. Mas aquilo que seria fracasso para os homens foi vitória para os céus, pois Jesus morreu pelos pecados dos homens e trouxe reconcilio Deus. Os céus festejaram a vitória de Cristo. Ele venceu a vontade humana. Ele venceu a vontade das trevas. Ele venceu a vontade do pecado. Ele foi fiel a Deus até a morte. Morte de cruz.

É necessário discernir espiritualmente todas as coisas, pois elas não são como parecem, mas antes pelo Espirito Santo são capazes de se entender e vivenciar.

Nós, porém, temos a mente de Cristo. (1 Coríntios 2:16)

Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente. (1 Coríntios 2:14)

A sabedoria humana distorceu ao seu favor as escrituras sagradas, mas Jesus alinhou novamente com o sentido correto das palavras. Pedro em Atos 2:40 advertiu o povo: Salvem-se dessa geração pervertida. Suas palavras tem o sentido de adulteradas, ou seja, eram uma coisa e foram alteradas. A sabedoria humana tentou sobrepor a de Deus, mas em Cristo ela é restaurada e a vontade do Senhor é feita plenamente.

As trevas só existem onde não há luz, mas quando ela chega, dissipa todo o mal e prevalece. Assim é a sabedoria de Deus prevalecente onde estivermos. Os governos terrestres, o carnaval, as festas e tradições humanas, os deuses adorados, os ensinos e filosofias, entre outros. Todos criados pelo entendimento humano.

Pois está escrito: “Destruirei a sabedoria dos sábios e rejeitarei a inteligência dos inteligentes”. (1 Coríntios 1:19)

A sabedoria de Deus é a nossa esperança, ela e poder de Deus na terra.

Pois a mensagem da cruz é loucura para os que estão perecendo, mas para nós, que estamos sendo salvos, é o poder de Deus. (1 Coríntios 1:18)

A nossa mensagem não é baseada em conhecimento ou sabedoria humana, mas em poder do Espírito.

Pois Cristo não me enviou para batizar, mas para pregar o evangelho, não com palavras de sabedoria humana, para que a cruz de Cristo não seja esvaziada (I Coríntios 1:17)

Minha mensagem e minha pregação não consistiram de palavras persuasivas de sabedoria, mas consistiram de demonstração do poder do Espírito, para que a fé que vocês têm não se baseasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus. (1 Coríntios 2:4,5)

A palavra de Deus vem acompanhada de poder e resultados. Para Deus não basta dizer, as suas palavras tem poder do Espírito Santo para realizar.

Mas a sabedoria é comprovada pelas obras que a acompanham. (Mateus 11:19B)

A sabedoria de Deus trás descanso e paz.

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.
(
Mateus 11:28)

 Mensagem Ministrada na Comunidade Evangélica Casa de Paz.

 

 

 

Deixe uma resposta