EU NÃO SOU A PESSOA CERTA

 


Nisso veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: “Dê-me um pouco de água”. João 4:7

Esse texto (João 4) tem uma inquietação. Jesus tem sede, mas não bebe. Jesus tem fome, mas se recusa a comer. Jesus está cansado, mas não descansa. Diante da mulher samaritana, Ele pede: “Dá-me um pouco de água”. Em poucas palavras, ele consegue explicar que existe uma ÁGUA VIVA que é melhor que a água física. É possível entender que essa era água que ele desejava. Ele queria água viva.

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos; Mateus 5:6

Para conseguir da água viva é necessário ter sede de justiça de Deus, crer em Deus com sede, e esses serão fartos. Para conseguir a água, Jesus começou  a provocar sede de Deus nela.

A mulher lhe disse: “Senhor, dê-me dessa água, para que eu não tenha mais sede, nem precise voltar aqui para tirar água”. João 4:15

EU NÃO SOU A PESSOA CERTA

“Como o senhor, sendo judeu, pede a mim, uma samaritana, água para beber” João 4:9

Não pode ser eu, sou samaritana. Eu sou errada, não sou eu que deveria ser escolhida. Ela se identificou como uma pessoa errada para ter um encontro com Jesus. Assim acontece com muitos de nós, que entendemos que nunca seriamos escolhidos por Jesus.

Eu bebo, eu fumo, não congrego, sou amante, sou divorciado. A lista é grande. Subjugamo-nos e rejeitamos o amor de Deus. Quem escolhe é Ele, e nunca está errado.

Jesus nunca está errado, se Ele te escolheu, certo está. Você é um escolhido e ponto.

O POÇO É FUNDO

“O senhor não tem com que tirar a água, e o poço é fundo.” João 4:11

Ela teve cinco casamentos e estava com uma pessoa que foi identificada como “não é o teu marido”. Os maridos morreram ou ela foi devolvida por várias vezes. Agora, vivia um relacionamento com o marido de outra pessoa. Rejeição, traições, humilhações, separações destruíram emocionalmente ela.

Ela tinha um poço emocional tão profundo que acreditava ser impossível Jesus tirar alguma coisa boa de dentro dela. Os sentimentos dela foram dilacerados em sua trajetória de vida e o que restou foi um buraco no peito. Um poço profundo reflete o seu coração.

Muitos estão nessa mesma situação, acreditam que sua vida emocional destruída é um empecilho para a ação de Jesus.

NÃO É POÇO, É FONTE

“a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna”. João 4:14

Ela era a pessoa certa. Foi escolhida e o passado dela não é um impedimento para a obra de Jesus. Com sua fé restaurada, ela se transformaria em uma fonte de água que jorraria sem parar. O poço profundo não prejudica em nada, pois a água saira como um gêiser de dentro dela.

Vocês não dizem: ‘Daqui a quatro meses haverá a colheita’? Eu lhes digo: Abram os olhos e vejam os campos! Eles estão maduros para a colheita. João 4:35

 

Moisés Nogueira de Faria
Instagram: https://www.instagram.com/moisesnogueiraoficial